Introdução

Equilíbrio do ventilador é um dos procedimentos mais procurados na manutenção de equipamentos. Isso se deve à alta sensibilidade dos ventiladores ao desbalanceamento; mesmo o menor desvio pode levar a vibrações significativas. O desequilíbrio ocorre quando há um desalinhamento entre o centro geométrico do eixo e o centro de massa. Quanto mais elevada for a velocidade de rotação do ventilador, mais precisa terá de ser a equilibragem.

Causas e consequências do desequilíbrio dos ventiladores

As causas mais comuns de desequilíbrio da ventoinha incluem:

  • Desgaste abrasivo nas pás da ventoinha
  • Acumulação de sujidade nas pás da ventoinha
  • Montagem solta, desalinhamento do impulsor em relação ao cubo
  • Flutuações de temperatura na caixa do ventilador ou no eixo
  • Perda de peso de equilíbrio
  • Deformação da lâmina

O funcionamento de um ventilador desequilibrado resulta em vibrações que são perigosas para a estrutura global. Isto conduz não só a um aumento do consumo de energia, mas também a uma falha prematura dos rolamentos (quer do veio, quer das estruturas de suporte) e a períodos de inatividade não planeados.

Pelo contrário, um adepto equilibrado:

  • Torna o equipamento mais eficiente
  • Reduz o stress no equipamento
  • Prolonga a vida útil dos seus rolamentos
  • Torna o funcionamento da ventoinha mais silencioso

Por conseguinte, quer se trate de um ventilador novo ou da manutenção/reparação de um antigo, não é recomendável negligenciar a fase de equilíbrio do ventilador.

Importante! O desequilíbrio da ventoinha é a causa mais comum do aumento da vibração. No entanto, existem também outras causas: falhas ou alterações estruturais, grandes folgas, problemas com accionamentos por correia, desalinhamentos, fissuras nos rotores e rolamentos defeituosos. Por conseguinte, é crucial que especialistas experientes em diagnóstico de vibrações determinem a causa do aumento da vibração.

Comentário do especialista

Como mostra a experiência, as pessoas procuram serviços de equilibragem sempre que há um aumento da vibração. No entanto, a equilibragem é o último passo para reduzir a vibração. Antes de o fazer, um diagnóstico de vibrações do estado do equipamento. Todas as deficiências, como defeitos nas ligações dos acoplamentos, falta de alinhamento dos veios ou falta de rigidez do sistema de suporte, devem ser identificadas e eliminadas. Só depois se deve passar à fase de equilibragem, se esta ainda for relevante. Por exemplo, um cliente recente precisava de efetuar a equilibragem de uma ventoinha de um secador. As nossas medições de vibração, particularmente o espetro de velocidade de vibração, indicaram a presença de folga mecânica. Uma inspeção mais aprofundada revelou danos na fixação do sistema de suporte do ventilador à fundação. Depois de fixar os suportes à fundação e de efetuar um novo diagnóstico, o desequilíbrio residual estava dentro dos limites aceitáveis. Consequentemente, a equilibragem deixou de ser necessária. Estes defeitos também impedem a equilibragem. A equilibragem só é efectuada em máquinas tecnicamente sólidas.

Como é efectuada a equilibragem do ventilador

Os nossos especialistas efectuam habitualmente equilíbrio do ventilador (quer a turbina quer a roda do ventilador) no local, utilizando os próprios rolamentos do ventilador. Isto permite a máxima precisão e velocidade sem desmontagem, evitando assim interferências desnecessárias na estrutura do equipamento.

No nosso trabalho de equilibragem de ventiladores, procuramos sempre atingir o menor desequilíbrio residual e aderir à precisão de equilibragem de acordo com ISO 1940-1-2007 para a respectiva classe de equipamento. Para o efeito, utilizamos um dispositivo de equilíbrio portátil, o analisador de vibrações Balanset-1A.

Etapas envolvidas:

O processo de equilíbrio consiste em várias fases. O número de sensores e a sua colocação podem ser determinados pelo fabricante. As directrizes gerais recomendam a colocação de sensores nos rolamentos do eixo do ventilador e na caixa. Se tal não for possível devido a razões técnicas ou características de conceção, os sensores são colocados em locais com a ligação mais curta entre eles e os rolamentos.

 

  1. Instalar os sensores de vibração perpendicularmente ao eixo de rotação do rotor.
    um processo de balanceamento dinâmico em dois planos para um ventilador radial industrial. O objetivo do processo é eliminar as vibrações e o desequilíbrio da hélice do ventilador. Balancim-1 Vibromera

    um processo de balanceamento dinâmico em dois planos para um ventilador radial industrial. O procedimento tem como objetivo eliminar as vibrações e o desequilíbrio da hélice do ventilador. Balancim-1 Vibromera

    um processo de balanceamento dinâmico em dois planos para um ventilador radial industrial. O objetivo do processo é eliminar as vibrações e o desequilíbrio da hélice do ventilador. Balancim-1 Vibromera

    um processo de balanceamento dinâmico em dois planos para um ventilador radial industrial. O procedimento tem como objetivo eliminar as vibrações e o desequilíbrio da hélice do ventilador. Balancim-1 Vibromera

  2. Montar o tacómetro no suporte magnético.
    um processo de balanceamento dinâmico em dois planos para um ventilador radial industrial. O objetivo do processo é eliminar as vibrações e o desequilíbrio da hélice do ventilador. Balancim-1 Vibromera

    um processo de balanceamento dinâmico em dois planos para um ventilador radial industrial. O procedimento tem como objetivo eliminar as vibrações e o desequilíbrio da hélice do ventilador. Balancim-1 Vibromera

    um processo de balanceamento dinâmico em dois planos para um ventilador radial industrial. O objetivo do processo é eliminar as vibrações e o desequilíbrio da hélice do ventilador. Balancim-1 Vibromera

    um processo de balanceamento dinâmico em dois planos para um ventilador radial industrial. O procedimento tem como objetivo eliminar as vibrações e o desequilíbrio da hélice do ventilador. Balancim-1 Vibromera

  3. Cole fita reflectora na polia e aponte o sensor de RPM na direção da fita.
  4. Ligue os sensores ao dispositivo e o dispositivo ao computador portátil.

    um processo de balanceamento dinâmico em dois planos para um ventilador radial industrial. O objetivo do processo é eliminar as vibrações e o desequilíbrio da hélice do ventilador. Balancim-1 Vibromera

    um processo de balanceamento dinâmico em dois planos para um ventilador radial industrial. O procedimento tem como objetivo eliminar as vibrações e o desequilíbrio da hélice do ventilador. Balancim-1 Vibromera

  5. Iniciar o programa.
  6. Selecionar o equilíbrio de dois planos.

    Software para o instrumento de equilibragem e analisador de vibrações portátil Balanset-1A. Ecrã do menu principal.

    Software para o instrumento de equilibragem e analisador de vibrações portátil Balanset-1A. Ecrã do menu principal.

  7. Introduzir o nome do rotor e a sua localização.
  8. Pesar o peso de ensaio e registar o peso e o raio de instalação.

    Software para o instrumento de equilibragem e analisador de vibrações portátil Balanset-1A. Configuração do balanceamento dinâmico.

    Software para o instrumento de equilibragem e analisador de vibrações portátil Balanset-1A. Configuração do balanceamento dinâmico.

  9. Iniciar a rotação do rotor e medir o nível de vibração inicial.

    Software para a balança portátil e analisador de vibrações Balanset-1A. Janela de equilíbrio de dois planos. Vibração original

    Software para a balança portátil e analisador de vibrações Balanset-1A. Janela de equilíbrio de dois planos. Vibração original

  10. Instalar o peso de teste no primeiro plano.
  11. Iniciar a rotação do rotor e efetuar uma segunda medição.
  12. Verificar se a vibração ou a fase se alterou em, pelo menos, 20%.
  13. Retirar o peso de teste do primeiro plano e colocá-lo no segundo plano.
  14. Iniciar a rotação do rotor e efetuar uma terceira medição.
  15. O programa indicará a quantidade de peso e o ângulo a colocar no primeiro e segundo planos.

    Software para o instrumento de equilibragem e analisador de vibrações portátil Balanset-1A. Equilíbrio de plano duplo. Carta polar .

    Software para o instrumento de equilibragem e analisador de vibrações portátil Balanset-1A. Equilíbrio de plano duplo. Carta polar .

  16. Retirar o peso de teste.
  17. Pesar a massa do peso de correção.
  18. Soldar os pesos de correção.

    equilibrador dinâmico portátil, analisador de vibrações "Balanset-1A"

    equilibrador dinâmico portátil, analisador de vibrações "Balanset-1A"

  19. Começar a rodar o rotor e verificar se a equilibragem foi bem sucedida.
  20. Se o software lhe pedir para adicionar mais algum peso, adicione-o e verifique novamente o equilíbrio.

Seguindo esta sequência, asseguramos o mais elevado nível de precisão na equilibragem de ventiladores, contribuindo para a eficiência e fiabilidade a longo prazo do seu equipamento industrial.

pt_PTPortuguês