Introdução: A importância do equilíbrio

Desequilíbrio em equipamentos rotativos pode ocorrer não apenas devido ao desgaste, mas também como resultado de atividades de manutenção, como substituição de lâminas, troca de rolamentos e trabalhos de soldagem. Portanto, a necessidade de balancear os rotores de mulchers e máquinas agrícolas é apenas uma questão de tempo.

As consequências do desequilíbrio

Vibrações resultantes do desequilíbrio não só levam à rápida falha dos rolamentos e dos componentes adjacentes, mas também têm um impacto negativo na saúde do operador. Portanto, é fundamental monitorar a condição do equipamento rotativo e realizar o balanceamento em tempo hábil.

Tipos de equipamentos que balanceamos

Nossos especialistas realizam o trabalho de balanceamento em vários elementos rotativos de colheitadeiras, inclusive:

  • Rotores
  • Eixos do moedor
  • Tambores de debulha
  • Sem-fins - transporte, descarga e harvester
  • Batedores
  • Mulchers automotores, suspensos, rotativos e de disco para equipamentos de extração de madeira
  • Equipamento para limpeza de áreas à beira da estrada

Preparativos para o pré-balanceamento

Importante! Todos os trabalhos de reparo/manutenção no rotor (verificação de desgaste e, se necessário, substituição de lâminas, suportes de dentes, rolamentos, eixos, bem como trabalhos de soldagem) devem ser concluídos antes do estágio de balanceamento. Caso contrário, o trabalho interromperá o equilíbrio obtido durante o processo de balanceamento do rotor.

Balanceamento no local sem desmontagem

O trabalho é realizado no local sem a necessidade de desmontar o equipamento. Isso permite um balanceamento rápido e altamente preciso, sem interferências desnecessárias na estrutura da máquina.

Ferramentas e metodologia

Para medir níveis de vibração e realizar o balanceamento, usamos um analisador portátil de balanceamento e vibração, Balanset-1A.

Aderência aos padrões

Durante o processo de balanceamento, nosso objetivo é atingir os seguintes objetivos menor desequilíbrio residual e aderir à precisão do balanceamento de acordo com GOST ISO 1940-1-2007 para a respectiva classe de equipamento.

Conclusão

O balanceamento não é apenas uma tarefa de manutenção, mas uma operação crítica que afeta a longevidade e a eficiência de seu maquinário. Com as ferramentas e o conhecimento adequados, esse processo pode ser realizado de forma rápida e eficaz, garantindo a confiabilidade de longo prazo do seu equipamento rotativo.

pt_BRPortuguês do Brasil